Associação americana cria diretrizes contra AVC específicas para mulheres

Contracepção

O documento também fala sobre os riscos cardiovasculares que podem ser desencadeados pelo uso de pílulas anticoncepcionais e determina que, antes de iniciar o uso do contraceptivo, ela deva ser avaliada quanto a outros fatores de risco como tabagismo, hipertensão e histórico familiar.

Para Malachias, esse tipo de rastreamento já é de praxe no Brasil. O problema é que muitas mulheres começam a tomar a pílula sem orientação médica. “Muitas seguem a orientação de amigas e não são assistidas por médicos. O conjunto dos fatores de risco deve ser avaliado. Quando se trata de fatores de risco, ele não se somam: se multiplicam”, diz.

Para ver a materia na integra no site do BEM ESTAR: clique aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta